Baba ganoush

Baba quê?!

Para quem estranhou o nome, baba ganoush é uma receita do Médio Oriente, bem simples e intensa ao mesmo tempo. Consiste num patê com base em beringela grelhada. É uma ótima maneira diferente de consumir beringela e, mesmo quem não é fã deste legume, tende a adorar este prato.

Não é a receita com o aspeto muito extraordinário e atrativo, no entanto, esta pasta é cheia de sabor e sabe especialmente bem como um petisco de verão.

Há quem diga que o sabor se assemelha ao hummus – outro patê do médio oriente, mas com base de grão de bico. Pessoalmente, acho os dois pratos bem diferentes, sendo que o baba ganoush tem um sabor mais pronunciado.

Este patê é perfeito para ser acompanhada com palitos de legumes e crackers/tostas para molhar na pasta. A receita de crackers de azeite & alecrim será uma combinação perfeita!

Como nesta receita os ingredientes são muito poucos, é a qualidade dos mesmos que faz toda a diferença. Tentem privilegiar as beringelas na sua época (verão) e, se possível, locais. A qualidade das especiarias também faz toda a diferença!

Baba ganoush
 
Tempo de preparação
Tempo de cozimento
Tempo total
 
Autor:
Tipo de receita: Lanche/petisco
Cozinha: Vegano, Sem glúten
Porções: 400ml
Ingredientes
  • 2 beringelas
  • 6 dentes de alho
  • 4 colheres (sopa) de tahini (pasta de sementes de sésamo)
  • 5 colheres (sopa) de azeite extra virgem
  • Sumo de 1 limão
  • ½ colher (chá) de cominhos
  • Pimenta preta moída na hora q.b.
  • Sal marinho q.b.
Instruções
  1. Grelhar as beringelas inteiros, com a casca, num grelhador ou numa boca de fogão em lume baixo, até murchar completamente (podem também assá-las no forno, fazendo alguns furos com o garfo e deixando a cozinhar durante cerca de 1h a 200ºC, em modo grelha com “ventoinha”).
  2. Deixar arrefecer as beringelas e retirar com uma colher o miolo (a casca é descartada).
  3. Colocar num processador os miolos das beringelas, os alhos, o tahini, o azeite, o sumo de limão e os temperos e processar até obter uma consistência cremosa.
  4. Provar e, se necessário, retificar os temperos. Guardar num recipiente fechado, no frigorífico, até 10 dias.
  5. Acompanhar com palitos de legumes e crackers de alecrim.

Signature

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Rate this recipe:  

Dicas da Oksi © 2018