Bolo de limão vegan

Hoje partilho contigo a receita deste bolo de limão vegan! Perfeito para acompanhar uma chávena de chá! Esta receita é original deste blog.

Sobre este bolo de limão vegan

Em primeiro lugar, esta é uma receita perfeita para preparar ao fim-de-semana! Uma chávena de chá, fatia deste bolo de limão e um livro! Plano perfeito, não achas? (:

Em segundo lugar, devo referir que este bolo não é muito doce. É uma sobremesa mais leve e fresca. Assim, se preferes uma opção mais doce, aumenta a quantidade de açúcar desta receita! 

silken tofu

Sobre o silken tofu

Para começar, devo dizer que este não é um ingrediente muito comum. No entanto, vale a pena ser procurado!

Tofu silken é um tipo de tofu suave, com textura bem macia. Pode ser utilizado tanto em pratos salgados, como em doces.

No caso dos doces, tem um papel semelhante aos ovos. Assim, fornece liga e humidade aos bolos, por exemplo. Neste caso, é um ingrediente importante para tornar o bolo mais húmido e consistente.

Podes encontrar este tofu em lojas de produtos naturais, dietéticas e zonas saudáveis de alguns supermercados (zona refrigerada).

Vamos então à receita do bolo de limão vegan?

bolo de limão vegan ingredientes

bolo de limão vegan pronto

bolo de limão vegan cortado

fatias de bolo de limão

 

Bolo de limão vegan
 
Tempo de preparação
Tempo de cozimento
Tempo total
 
Autor:
Porções: 8 doses
Ingredientes
  • 250gr de farinha de trigo (1 cup)
  • 250ml de bebida de soja (1 cup)
  • 150gr de tofu silken
  • 60gr de açúcar (1/4 cup)
  • 60ml de óleo de coco derretido (1/4 cup) + para untar
  • 2 colheres de chá de fermento em pó
  • ¼ colher de chá de bicarbonato de sódio
  • Raspa de 1 limão
  • Sumo 1 limão

  • Para a cobertura:

  • 50gr de açúcar de confeiteiro
  • 2 colheres de sopa de sumo de limão
  • Raspas de limão, para enfeitar
Instruções
  1. Em primeiro lugar, pré-aquece o forno a 180ºC.
  2. A seguir, unta uma forma de bolo retangular com óleo de coco.
  3. Depois, mistura numa taça os ingredientes secos - a farinha, o fermento, o sal e o bicarbonato de sódio.
  4. Coloca numa liquidificadora (ou copo de varinha mágica) a bebida de soja, o açúcar, o tofu, o óleo de coco, as raspas e o sumo de limão. Mistura tudo, até ficar macio.
  5. Adiciona esta mistura aos secos. Mexe com uma vara de arames, até incorporar.
  6. Coloca a massa na forma untada. Leva a assar a 180ºC, durante 35-34 min. Para verificar se o bolo está cozinhado, espeta nele um palito.
  7. Retira o bolo do forno e deixa-o arrefecer durante 10 min.
  8. Desenforma e prepara a cobertura.
  9. Mistura o açúcar de confeiteiro com o sumo de limão, até formar um creme.
  10. Espalha a cobertura sobre o bolo e deixa secar.
  11. Por fim, decora com raspas de limão!

Faz pin no Pinterest:

Panquecas de aveia fáceis

Hoje trago a receita destas deliciosas panquecas de aveia fáceis! Esta receita é inspirada nesta do blog My quiet kitchen.

Sobre estas panquecas de aveia fáceis

Em primeiro lugar, devo referir que um pequeno-almoço saudável é crucial para uma boa saúde. Assim, estas panquecas são uma opção saudável e saborosa!

Vantagens destas panquecas:

 

  • São feitas com flocos de aveia integrais, ricos em fibra
  • Apenas 4 ingredientes principais
  • A massa pode ser preparada em quantidade e guardada
  • Podem ser aptas para crianças, se for omitido o açúcar e a canela

Dica para poupar tempo na preparação destas panquecas de aveia fáceis

Com o intuito de poupar tempo, é possível preparar a massa destas panquecas em quantidade. Para isso, coloca a massa preparada num recipiente ou frasco bem fechado. Guarda no frigorífico, até 4 dias. Neste caso, é normal que a massa fique mais grossa. Assim, basta misturares um pouco de bebida vegetal.

Assim, vais ter panquecas acabadas de fazer em poucos minutos! Uma ótima maneira de manter a alimentação saudável de maneira mais prática!

 

Mais receitas de panquecas

Panquecas de maçã e canela (vegan)

Panquecas de mirtilos (vegan)

 

Vamos então à receita das panquecas de aveia fáceis?

panquecas de aveia ingredientespanquecas de aveia fáceis panquecas de aveia cozinhadaspanquecas de aveia a cozinhar panquecas de aveia cortadas

Panquecas de aveia fáceis
 
Tempo de preparação
Tempo de cozimento
Tempo total
 
Autor:
Tipo de receita: Pequeno-almoço
Cozinha: Vegano, sem glúten
Porções: 3 doses
Ingredientes
  • 180gr de farinha de aveia* ou flocos de aveia (se usares uma liquidificadora para fazer a massa)
  • 330ml de bebida vegetal de soja
  • 2 colheres de sopa de açúcar mascavado (ou outro adoçante)
  • 1 colher de sopa de vinagre de maçã (vai tornar a massa mais fofa)
  • 2.5 colheres de chá de fermento em pó
  • Pitada de canela em pó (opcional)
  • Pitada de sal
  • Óleo de coco q.b., para cozinhar
Instruções
  1. Em primeiro lugar, coloca todos os ingredientes (com exceção do óleo de coco) numa liquidificadora ou copo de varinha mágica. Processa tudo até obter uma massa consistente. Em alternativa, podes misturar tudo numa tigela.
  2. Depois disso, pré-aquece uma frigideira antiaderente com um pouco de óleo de coco.
  3. Forma as panquecas e deixa cozinhar em lume médio-baixo, durante cerca de 3 minutos. Vira e deixa cozinhar durante mais um pouco.
  4. Por fim, serve com fruta, iogurte ou outros toppings a gosto!
Notas
1 – Em primeiro lugar, podes fazer a tua própria farinha de aveia. Para isso, coloca os flocos numa liquidificadora. Processa até ficar fina. Guarda num recipiente bem fechado.
2 – Em segundo lugar, podes fazer massa a mais e guardar no frigorífico. Para isso, coloca a massa preparada num recipiente ou frasco. Guarda no frigorífico, até 4 dias. Neste caso, é normal que a massa fique mais grossa. Assim, basta misturares um pouco de bebida vegetal.

 

Faz pin no Pinterest:

pinterest

Como cozinhar tofu

Hoje ensino como cozinhar tofu de maneira fácil e deliciosa!

Sobre o tofu

Em primeiro lugar, se achas que o tofu não sabe a nada…tens toda a razão! A verdade é que o tofu é uma tábua rasa. Ou seja, necessita de tempero e técnicas de confeção para ganhar sabor. Assim, nesta receita vou-te ensinar a fazer isso! Esta receita é do blog simpleveganblog.

Preparar o tofu antes de o cozinhar

Para a deixar o tofu bem saboroso, é necessário pré-preparado da maneira correta! Assim, segue estes passos:

 

  1. Em primeiro lugar, retira o tofu da embalagem e passa-o por água.
  2. De seguida, seca o tofu com um pano de cozinha limpo.
  3. E, por fim, corta o tofu em cubos e coloca-os numa tigela.

tofu

Como cozinhar tofu – receita fácil e deliciosa

Uma vez preparado, vamos cozinhar o tofu. Neste caso:

 

  1. Vamos começar por cobri-lo com amido de milho.
  2. Depois disso, saltear na frigideira até ficar bem seco e crocante. Entretanto, vamos misturar os ingredientes no molho.
  3. Uma vez cozinhado o tofu, cozinhamos também o molho
  4. E, finalmente, incorporamos o tofu já salteado com o molho.

Ao preparar o tofu desta maneira, ele vai adquirir uma textura muito apelativa. Para além disso, os sabores serão mais intensos do que se fosse cozinhado “em cru” no molho. 

Mais maneiras deliciosas de cozinhar o tofu

Assado de tofu e broa (Natal vegan/vegetariano)

Noodles vegan (com molho viciante!)

 

Finalmente, vamos então à receita?

como cozinhar tofu ingredientes

como cozinhar tofu passos

como cozinhar tofu passos

tofu cozinhado - fácil e delicioso

tofu cozinhado - fácil e delicioso

Como cozinhar tofu
 
Tempo de preparação
Tempo de cozimento
Tempo total
 
Autor:
Tipo de receita: Prato principal
Cozinha: Vegano, sem glúten
Porções: 2 doses
Ingredientes
  • Para o tofu:
  • 275gr de tofu firme, em cubos
  • 1 colher de sopa de molho de soja (ou tamari, para versão sem glúten)
  • 1 colher de sopa de vinagre de maçã
  • 6 colheres de sopa de amido de milho
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 dentes de alho picados
  • Para o molho:
  • 3 colheres de sopa de tamari ou molho de soja
  • 2 colheres de sopa de vinagre de maçã
  • 2 colheres de sopa de açúcar mascavado
  • Sumo de 1 laranja pequena (ou 3 colheres de sopa de água)
  • 1 colher de sopa de amido de milho
  • Pitada de malagueta em flocos ou em pó (opcional)
  • Para servir:
  • Arroz
  • Cebolinho a gosto
  • Sementes de sésamo a gosto
Instruções
  1. Em primeiro lugar, seca o tofu com um pano de cozinha limpo.
  2. Em seguida, corta o tofu em cubos e coloca-os numa tigela.
  3. Adiciona à tigela 1 colher de sopa de molho de soja e 1 colher de sopa de vinagre de maçã. Incorpora tudo e deixa repousar durante 5 min.
  4. Escorre o tofu. Se sobrar marinada, guarda-a para o molho.
  5. Entretanto, prepara um saco de plástico com o amido de milho.
  6. Coloca metade do tofu para o saco e abana-os. Repete o processo com todo o tofu.
  7. Assim que o tofu estiver panado com o amido de milho, aquece uma frigideira com azeite.
  8. Cozinha o tofu em lume médio-alto durante 4-5 min, até ficar dourado. Reserva o tofu.
  9. Posteriormente, adiciona mais azeite à frigideira e acrescenta os dentes de alho picados. Cozinha durante 1-2 min, a fim de libertar os aromas. Reserva (coloca junto ao tofu).
  10. Entretanto, mistura todos os ingredientes do molho – o molho de soja, o vinagre de maçã, a água, o sumo de 1 laranja (ou água), o amido de milho e a malagueta. Neste caso, é importante misturar tudo a frio, para o amido de milho dissolver.
  11. Verte o molho para a frigideira e cozinha durante 1-2 min, até engrossar. Mexe sempre.
  12. Por fim, adiciona o tofu e os alhos e cozinha durante mais 1-2 min.
  13. Serve com arroz, sementes de sésamo e cebolinho!

 

Faz pin no Pinterest:

 

Bolo de banana (vegan e fácil – 9 ingredientes!)

Trago-vos a receita deste bolo de banana 100% vegetal, fácil e delicioso! Também conhecida por “banana bread” ou “pão de banana”, esta é uma receita fácil e deliciosa. Esta receita é do blog Rainbow Nourishments.

 

Bolo de banana vegan – receita perfeita para aproveitar bananas maduras!

Bem, penso que todos nós já tivemos bananas a passar o ponto. Parece que amadurecem de um dia para o outro! Esta receita do bolo de banana é perfeita para aproveitar esse tipo de fruta. Assim, bananas bem doces e com “pontinhos” na casca são perfeitas para esta receita.

 

bananas

 

Faz em quantidade este bolo de banana vegan e congela!

Esta receita é perfeita para ser congelada! Contudo, para as fatias não ficarem colocadas, é necessário seguir estes passos:

 

  1. Deixa arrefecer bem o bolo.
  2. De seguida, corta-o em fatias.
  3. Dispõe as fatias numa camada única (por cima de papel vegetal, por exemplo), com a finalidade de congelarem sem colar.
  4. Por fim, coloca no congelador durante 24h.
  5. No dia a seguir, quando as fatias estiverem congeladas, por colocá-las num saco.

Desta maneira, as fatias não vão ficar coladas umas às outras.

 

Fazer a massa do bolo na liquidificadora

Para terminar, deixo uma dica para tornar a preparação desta receita ainda mais fácil. Mistura os ingredientes na liquidificadora! Assim, todo o processo vai ser mais rápido.

 

Outras receitas de doces vegan!

Crepes vegan com molho de chocolate

Cookies vegan (bolachas com chocolate)

 

 

Vamos então à receita?

bolo de banana ingredientes

bolo de banana processo

bolo de banana pronto

bolo de banana fatiado

Bolo de banana (vegan e fácil - 9 ingredientes!)
 
Tempo de preparação
Tempo de cozimento
Tempo total
 
Autor:
Porções: 10 fatias
Ingredientes
  • Ingredientes molhados

  • 3 bananas bem maduras (360gr)
  • 120ml de bebida vegetal de soja
  • 125gr de óleo de coco ou óleo vegetal
  • 1 colher de sopa de vinagre de maçã
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha (opcional)

  • Ingredientes secos

  • 315gr de farinha de trigo
  • 140gr de açúcar (normal, mascavado ou de coco)
  • 60gr de nozes picadas (opcional)
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 2 colheres de chá de canela em pó
  • ½ colher de chá de bicarbonato de sódio

  • Para decorar (opcional)
  • 1-2 bananas, cortadas longitudinalmente
Instruções
  1. Para começar, liga o forno a 180ºC para pré-aquecer.
  2. De seguida, prepara uma forma de pão, untando-a com papel vegetal.
  3. Coloca num liquidificadora os ingredientes líquidos – bananas, bebida vegetal de soja, óleo de coco, vinagre de maçã e extrato de baunilha. Processa tudo.
  4. Depois disso, mistura numa tigela os ingredientes secos – a farinha, o açúcar, a canela, o fermento e o bicarbonato de sódio.
  5. A seguir, adiciona a mistura líquida aos sólidos, e incorpora muito bem com uma vara de arames.
  6. Quando tudo estiver incorporado, adiciona as nozes e volta a misturar.
  7. Coloca a massa na forma untada e finaliza com 1-2 bananas cortadas na longitudinal.
  8. Por fim, leva a assar a 180ºC durante 1h (coloca na parte mais baixa do forno).
  9. Para verificar se está cozinhado, espeta um palito no pão de banana. Se sair seco, está pronto!
  10. Deixa arrefecer durante pelo menos 1h antes de o cortar.
Notas
Podes cortar o pão em fatias e congelar assim!

 

Faz pin no Pinterest:

Acrilamida – o que é, os riscos para a saúde e como evitar

Neste artigo falo sobre a acrilamida. Em que consiste, como se forma, quais são os riscos para a saúde e como evitá-la!

 

0 que é acrilamida?

Em primeiro lugar, a acrilamida é uma substância que se forma naturalmente quando os alimentos são cozinhados. Assim, ocorre nos alimentos ricos em amido, quando estes são cozinhados em temperaturas acima de 120ºC.

Este fenómeno também é conhecido por reação de Maillard.  Ou seja, consiste  no processo de torrar/grelhar os alimentos.

 

Acrilamida como se forma

Como se forma a acrilamida?

Primeiramente, é importante referir que a formação desta substância é uma consequência natural do processo de cozinhar.

Nesse sentido, existem dois fatores que contribuem para o aumento dos seus níveis – o tipo de alimento e a temperatura a que este é cozinhado.

Assim, em primeiro lugar, acrilamida forma-se mais em alimentos ricos em amidos e aminoácido asparagina. Ao mesmo tempo, ocorre com maior concentração em alimentos com pouco teor de água. Por exemplo – pão, bolachas e snacks. Nos produtos à base de milho, encontramos também níveis elevados desta substância. Nesse sentido, os cornflakes e tostas de milho têm níveis altos de acrilamida.

Em segundo lugar, quanto maior for a temperatura da confeção, maiores vão ser os níveis da substância.  Por exemplo, assar batatas a 200ºC é mais prejudicial do que a 170ºC.

 

Acrilamida ocorre ao...

Em que tipo de confecção se forma a acrilamida?

Esta substância forma-se em qualquer tipo de confeção. Ou seja, ocorre ao:

 

  • Fritar
  • Torrar
  • Grelhar
  • Assar no forno
  • Cozinhar na Airfryer

Assim, a responsabilidade não é de nenhum eletrodoméstico ou utensílio de cozinha específico. Em contrapartida, tem a ver com a temperatura da confeção.

 

Em que alimentos é encontrada a acrilamida?

Podemos encontrar esta substância em alimentos ricos em hidratos de carbono. Ou seja, pão, tostas, batatas fritas, bolachas, crackers e snacks em geral. Para além disso, o café e o chocolate também tendem a ter níveis altos de acrilamida.

É importante referir que esta substância está presente tanto nos alimentos comerciais, como nos caseiros.

 

Acrilamida

 

Riscos para a saúde

Inúmeros estudos científicos comprovam que a acrilamida é cancerígena. Nesse sentido, foi classificada como um carcinogéneo do Grupo 2Aa pela International Agency for Research on Cancer. Ademais, na Europa, foi inserida na Categoria 2b. Ou seja, é realmente uma substância com riscos para a saúde.

 

Níveis de acrilamida de uma torrada

 

Como diminuir o consumo de acrilamida?

Podemos aplicar diferentes dicas para reduzir o consumo desta substância.

 

Tipo de alimentos consumidos

Em primeiro lugar, evita alimentos processados secos. Por exemplo, bolachas, biscoitos, snacks, barrinhas, cereais e outros semelhantes. Para além disso, tem cuidado com as tostas de arroz e de milho! Muitas vezes, achamos que são uma opção saudável. No entanto, apresentam altos níveis desta substância. Para além disso, são pobres a níveis nutricional!

 

Controla a temperatura

Em segundo lugar, ao cozinhar os alimentos no forno ou na Airfryer, tenta não ultrapassar os 180ºC. Para além disso, não deixa dourar/secar demasiado. Sei que pode ser tentador cozinhar a uma temperatura mais alta…mas pensa na tua saúde!

 

Cuidado ao torrar o pão

Evita torrar demasiado o pão. Assim, não deixes que o pão fique demasiado escuro e seco. Se acontecer tostar em excesso, não consumas. Ou, pelo menos, tenta cortar as partes mais queimadas.

 

Evita alimentos pré-fritos

Limita o consumo de alimentos como batatas pré-fritas ou croquetes/rissóis. Este alimentos costumam ser vendidos congelados. Na maioria dos casos, são pré-cozinhados a altas temperaturas. Para além disso, vão voltar a ser cozinhados em casa, aumentando os níveis de acrilamida.

 

Dá preferência à comida de tacho

E, finalmente, dá preferência aos cozinhados de tacho! Ou seja, guisados, estufados, sopas. Este tipo de confecção permite manter a água e não seca os alimentos.

 

Acrilamida – conclusão

Em conclusão, devemos ter atenção aos níveis de desta substância na nossa alimentação. Por isso, devemos evitar alimentos processados e cozinhar a temperaturas mais baixas!

 

Referências

Becalski, A., Lau, B. P. Y., Lewis, D., Seaman, S. W., Hayward, S., Sahagian, M., … & Leclerc, Y. (2004). Acrylamide in French fries: influence of free amino acids and sugars.

Biedermann-Brem, S., Noti, A., Grob, K. (2003). How much reducing sugar may potatoes contain to avoid excessive acrylamide formation. 

International Agency for Research on Cancer. (1997). IARC monographs on the evaluation of carcinogenic risks to humans. 

Ubaoji, K. I., & Orji, V. U. (2016). A review on acrylamide in foods: Sources and implications to health. 

Lineback, D. R., Coughlin Stadler, R. H. (2012). Acrylamide in foods: a review of the science and future considerations. 

Stadler, R. H., Blank, I., Varga, N., Robert. & Riediker, S. (2002). Acrylamide from Maillard reaction products. Nature.

Weißhaar, R. (2004). Acrylamide in heated potato products–analytics and formation routes. 

 

Faz pin no Pinterest: